24 agosto 2006

Um copo meio vazio


Os insultos com que nos brindam os leitores (anónimos) nos posts que escrevi sobre a saída de Carlos de Sousa da CM Setúbal não convencem o menos pragmático dos leitores.
Primeiro pela forma: nada a acrescentar, tudo a lamentar, nada a ensinar (quem opina nestes termos, seja menor de idade ou padeça de uma doença do foro psicológico, não deve ser tido em conta).
Mas o mais grave é que não existe um fio de sustento, uma linha de argumentação válida. Criticar a substituição de secretaria que o PCP efectuou em Setúbal não tem que ver com o posicionamento político, mas sim democrático. É como a pena de morte, ou se defende ou não se defende. Quem não vê isto é porque não quer, ou não pode. Em ambos os casos nada há a fazer, tudo a lamentar. Que tal um copinho de água com açucar para acalmar os ânimos? Aconselha-se...

5 comentários:

punhetasx disse...

Sim sim, pois pois...
Vamos todos acreditar que o senhor é neutro!
Tal como o srº Filipe Menezes que ontem na sic noticias teve o desplante de negar que o PPD ficou beneficiado com a fuga de informação do IGAT!

E de seguida, ainda lançou largos elogios ao deposto presidente da câmara!

Por favor! Vamos deixar de ser burros! A desonestidade intelectual é coisa que não fica bem a ninguem!

Nem sequer a falsos insubmissos como o senhor!


... tende piedade senhor!

FT disse...

A propósito de independências esta manhã ouvi reformadores comunistas, socialistas, social-democratas, democratas-cristãos dizer a mesma coisa: o PCP procedeu mal, no afastamento de Carlos de Sousa. Concordo que os verdes, por integrarem a CDU nada digam, compreendo o silêncio do inexistente Bloco de Esquerda de Setúbal. Agora, quando todos se juntam contra o mesmo há que desconfiar: ou o mundo enlouqueceu, ou convém olharem para o umbigo...

punhetasx disse...

Ft escreveu:

"(...)esta manhã ouvi reformadores comunistas, socialistas, social-democratas, democratas-cristãos dizer a mesma coisa: o PCP procedeu mal, no afastamento de Carlos de Sousa. "

e ainda:

"Agora, quando todos se juntam contra o mesmo há que desconfiar: ou o mundo enlouqueceu, ou convém olharem para o umbigo... "

FT! Tas mesmo a falar a sério? Desculpa lá, agora que ninguem no ouve: estas mesmo a falar a sério?
Repito: Estas mesmo a falar a sério????

As minhas hipotesses:
1- Tu enlouqueceste!
2- És muito ingénuo!
3- Estas a brincar com a minha cara!!!

Caso seja a hipotesse 3 mando-te já passear, pois como já disse, não estou para perder tempo com pessoas intelectualmente desonestas.

No caso da hipotesse ser a 1 (loucura) ten duas soluções:
1.1 A doença tem cura -> go to the doctor
1.2 A doênça é incurável... LAMENTO IMENSO

No caso de seres mesmo ingénuo (hipotesse 2), aconselho-te a leres os diversos artigos que os autarcas do PS e do PSD escreveram sobre o PCP de Setúbal. Ou então uma coisa até mais arrojada: participares numa sessão da assembleia muncipal! (já deves ter estado em alguma.. suponho)

E aí descobriás outras verdades para os teus dogmas!

avante!

pepe disse...

A posição do PCP é coerente com a do marxismo-leninismo que professa, mas espanta-me que um autarca com experiência e trabalho reconhecido não tenha tido aquela atitude que teve o personagem interpretado por Bruce Willis no Pulp Fiction...

o rapaz que passou por aí disse...

xiiii... onde isto já vai!

Porque será que os únicos bons autarcas eleitos nas listas da CDU são os que (e vou procurar ser muito cuidadoso nas próximas palavras) mediaticamente provocam uma erupção de opiniões contrarias ao PCP?

O trabalho da CDU nas gestão das autarquias faz parte do património de desenvolvimento pós-Abril. As pessoas que integram o projecto apresentado aos eleitores locais pela CDU, sejam do PCP, d'Os Verdes ou de ID ou independentes de forças partidárias, são das que mais trabalham para que o eleitor exercer o seu direito de voto, o faça com mais informação e conhecimento daquilo que lhe é proposto apoiar. Independentemente do trabalho e da honestidade dos candidatos CDU ser o mais votado, são seguramente os homens e as mulheres que com mais sinceridade se comprometem com o serviço às populações.

Em Setúbal, e no fim do mandato ganho pela CDU, os cidadãos eleitores avaliarão o trabalho dos autarcas, de todos os autarcas, e decidirão. E uma vez mais se compreenderá porque falam em vão tantos...

Já agora, para os mais interessados em não andarem a repetir de cor sempre a mesma lengalenga (vulgo cassete), aproveitem a oportunidade para conhecerem melhor o trabalho da CDU nas autarquias dando um salto à Festa do avante!.